Sucata metálica: o que é e as vantagens da reciclagem para o meio ambiente

sucata metálica

A busca por alternativas que valorizam a sustentabilidade nas indústrias é constante. Segundo dados do World Steel Association, a siderurgia é responsável por transmitir nesse segmento o maior índice de emissão de CO2. Entre as opções que colaboram com a redução desse impacto está o aproveitamento da sucata metálica.

Normalmente, quando a empresa adota os princípios ESG em sua gestão, mudanças corporativas se instalam. Aliado a isso, os avanços tecnológicos geram otimização de resultados, tornando o setor mais produtivo. Com toda essa evolução, dar uma destinação correta aos resíduos sólidos é fundamental para contribuir com o meio ambiente.

Quer conhecer mais detalhes sobre esse assunto? Então continue conosco e veja o que é sucata metálica e como ele é reaproveitada na indústria, gerando redução de custos e recursos.

O conceito de sucata metálica

A sucata metálica é a matéria-prima usada em processos de fundição e fabricação de produtos variados. Atualmente, os resíduos desses procedimentos podem ir para a reciclagem, seguindo uma política interna que reforça o descarte correto de resíduos.

A reciclagem e reutilização de metal e aço proporcionam economia de água e energia, fazem com que as sobras tenham uma nova utilidade na composição de objetos de ferro e reduzem as práticas que agridem o meio ambiente.

As oportunidades de reciclagem da sucata metálica

Por ser um material com durabilidade e resistência, o metal pode ser reutilizado em vários processos. O zinco basicamente costuma ter metade de material reciclado em sua composição. Enquanto isso, os metais não ferrosos precisam passar por todo esse processo de reciclagem porque têm um grande potencial de contaminar a natureza.

Entre os principais tipos de sucata existentes, podemos destacar o processo de ferro cavaco, aço inox, cobre e alumínio. Dito isso, é possível fazer parcerias de distribuição de sucata metálica e ajudar a geração de rendas de empresas que focam nessa finalidade.

A siderurgia gera um grande número de sobras metálicas e, segundo pesquisa do Inesfa, o índice de importação de sucata metálica foi de 169% em 2021. Logo, é essencial focar ainda mais em uma valorização da proposta de descarbonização e conscientização ambiental de pessoas e empresas.

A importância desse processo para o meio ambiente

Além de reduzir os recursos hídricos, a utilização da sucata metálica como material de reciclagem ajuda a diminuir a poluição do ar, a quantidade de toneladas de descartes de ferros produzidos diariamente, além de incentivar a fabricação de diferentes tipos de aço.

Certamente, será preciso muito treinamento e adequação a determinadas normas para fazer parte dessa mudança. Entretanto, reconheça esse como um grande passo para ter mais responsabilidade ambiental, melhorar seu posicionamento de marca e ter maior credibilidade no mercado investidor.

Neste artigo você aprendeu o que é a sucata metálica e qual é utilidade dela na construção de um futuro com foco na descarbonização. Portanto, aposte nessa mudança e colabore para mais qualidade de vida e respeito ao meio ambiente.

Em relação à utilidade desse material na fabricação de diferentes tipos de aço, veja nosso artigo que fala sobre aço verde e a sustentabilidade na siderurgia.

Quer receber mais conteúdos como esses gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

ENTRE EM

CONTATO

Translate »